Cidadão | 10 de outubro de 2017

Governo confirma local para a implantação provisória do IML

O secretário da Segurança Pública da Bahia, Mauricio Barbosa, confirmou em entrevista para Assessoria de Comunicação do município de Senhor Bonfim (Ascom), que o prédio onde funcionou o Corpo de Bombeiros – na rodovia Lomanto Junior, foi escolhido para implantação provisória do Instituto Médico Legal (IML).

“Nós tivemos três opções para fazer a instalação imediata, e escolhemos a antiga sede do Corpo de Bombeiros, ela oferece melhores condições para instalarmos provisoriamente o IML. Acredito que no prazo máximo de 60 dias, possamos iniciar os serviços de adequação no espaço”, enfatizou o secretário.

Ainda segundo Mauricio Barbosa, o governo do estado está executando paralelamente um novo projeto para construir a sede do Distrito Integrado de Segurança Pública (Disep) de Senhor do Bonfim. A área escolhida fica onde funcionou o antigo Derba.

“Com o Disep vamos ter uma estrutura definitiva da Polícia Técnica, do IML e da Polícia Civil para atender Senhor do Bonfim e toda região”, afirmou Mauricio Barbosa.

VEJA TAMBÉM

Prefeito visita obras de asfaltamento da estrada de Umburana

A obra tem cerca de 4 quilômetros e está sendo executada por meio de parcerias.

leia mais...

Feiras livres da Igara e do Quicé são transferidas para segunda-feira (8)

O motivo da alteração é o primeiro turno da eleição.

leia mais...

Prefeito anuncia maior obra de saneamento básico da história

A obra está orçada em cerca de R$ 70 milhões.

leia mais...

Obras para implantação de leitos de UTI no Hospital estão a todo vapor

Com previsão de término até o primeiro semestre de 2019, as obras de reforma e adequação na estrutura física d...

leia mais...

Brasileiro assina Ordem de Serviço para pavimentar ruas na grande Olaria

Os recursos são oriundos de emenda impositiva do deputado Bobô junto a Conder.

leia mais...

Assinada ordem de serviço para ampliação e reforma do HDAM

Os investimentos na reforma, ampliação e a compra de equipamentos somam R$ 9 milhões.

leia mais...