Cidadão | 22 de fevereiro de 2017

Carlos Brasileiro preside reunião com prefeitos da região para discutir implantação da Policlínica.

O prefeito de Senhor do Bonfim e presidente do Consórcio Territorial de Desenvolvimento Sustentável do Piemonte Norte do Itapicuru , Carlos Brasileiro (PT), realizou nesta quinta-feira (09), uma reunião com os prefeitos eleitos e representantes dos municípios que constituem o Território( Andorinha , Antônio Gonçalves, Caldeirão Grande ,Campo Formoso, Filadélfia , Jaguarari , Pindobaçu , Ponto Novo e Senhor do Bonfim).O encontro aconteceu no auditório do novo Leste Hotel e teve como finalidade apresentar aos novos gestores a organização e funcionamento do consórcio.

Durante as discussões, foi apresentado aos prefeitos do Consórcio do Território do Piemonte Norte do Itapicuru , a possibilidade da doação do maquinário do antigo Departamento de Infraestrutura e Transportes da Bahia (Derba), extinto com a reforma administrativa da atual gestão estadual. Alguns dos equipamentos usados que podem ser doados ao Consórcio, são os seguintes; máquinas como retroescavadeiras, motoniveladoras e tratores para obras de infraestrutura urbana e estradas vicinais.

Outro assunto amplamente discutido foi a implantação do Consórcio de Saúde. A implantação do Consórcio vai possibilitar a implantação de uma grande Policlínica Regional. O estabelecimento de atendimento médico quando estiver funcionando poderá atender uma população de até 700 mil pessoas e melhorar consideravelmente os serviços de saúde oferecidos a população da nossa região.Gestores e representantes do território do Piemonte da Diamantina também participaram dessa e reunião.

“Essa é a nessa direção a partir de agora, fazer com que as coisas funcionem dentro do Consórcio . Temos muita esperança que possamos dar as mãos e, fazer com que o trabalhe em conjunto, traga muito mais resultados”, falou Carlos Brasileiro ,presidente do Consórcio do Território Norte do Piemonte do Itapicuru.

A policlínica oferecerá até 18 especialidades, além de serviços de apoio ao diagnóstico como radiografia, tomografia, ultrassonografia, endoscopia e ressonância magnética. No total, serão construídas 28 policlínicas no estado, ao custo individual de R$ 20 milhões, entre obras e equipamentos, que serão assumidos integralmente pelo Governo do Estado. Já a manutenção será compartilhada entre o Estado, que financiará 40% dos custos, e os municípios consorciados, que vão cobrir os 60% restantes, proporcionalmente à sua população.

Segundo Brasileiro, uma nova reunião acontecerá ainda em fevereiro para discutir a questão que envole os equipamentos do Derba e discutir o processo de implantação da Policlínica. Veja como funciona uma Policlinica:

VEJA TAMBÉM

Prefeitura antecipa feira livre para sexta-feira(20)

Em virtude do feriado de Tiradentes, 21 de abril.

leia mais...

Caminhada marca o Dia Mundial da Conscientização do Autismo

Dezenas de crianças autistas, pais, professores e profissionais da saúde participaram da ação.

leia mais...

Prefeito visita obras no Centro de Comercialização de Animais

O equipamento público é fruto de uma emenda de pouco mais R$ 155 mil.

leia mais...

Prefeito protocola na Câmara Projeto de Lei para criar Guarda Municipal

O novo Projeto de Lei muda a denominação do cargo de vigia para Guarda Municipal de 4ª classe.

leia mais...

Prefeito se despede de Dom Francisco Canindé Palhano

Após onze anos, o Bispo Dom Francisco Canindé Palhano encerra suas atividades na Diocese.

leia mais...

“Prefeitura Presente” ouve moradores do bairro Novo Horizonte

“As dúvidas todas formam sanadas, foi uma conversa transparente."

leia mais...